Grace Mai/21
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Pharma InnovationRegulatóriosAnvisa aprova primeiro tratamento para Púrpura Trombocitopênica Trombótica adquirida em adultos

Anvisa aprova primeiro tratamento para Púrpura Trombocitopênica Trombótica adquirida em adultos

  • Written by:

A Púrpura Trombocitopênica Trombótica adquirida atinge cerca de duas pessoas a cada um milhão por ano

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de aprovar o Cablivi® (caplacizumabe), um anticorpo monoclonal para tratamento de adultos com episódio de Púrpura Trombocitopênica Trombótica adquirida (PTTa), em conjunto com plasmaférese (troca plasmática) e imunossupressão.

Cablivi é o primeiro e único medicamento aprovado no Brasil para o tratamento associado de PTTa, uma doença hematológica aguda, muito rara e potencialmente fatal.

E caracterizada, então, por anemia hemolítica microangiopática, trombocitopenia grave e isquemia de tecido.

A saber, a Púrpura Trombocitopênica Trombótica adquirida atinge cerca de duas pessoas a cada um milhão por ano.

Trata-se, portanto, de uma doença autoimune causada por uma deficiência grave na enzima ADAMTS13, responsável pela quebra do fator de von Willebrand (FVW).

Na PTTa, anticorpos inibem a atividade dessa enzima e o acúmulo do fator FVW causa a formação de coágulos em pequenos vasos por todo o corpo, levando, então, à ocorrência de tromboses e disfunção orgânica.

Sintomas

Os principais sintomas da Púrpura Trombocitopênica Trombótica adquirida são:

Anemia; baixa contagem de plaquetas, causando manchas roxas pelo corpo; alterações neurológicas, como confusão mental, convulsões e dor de cabeça; febre e alterações renais.

“A PTTa é considerada uma emergência médica, na qual o paciente precisa de início imediato do tratamento, incluindo suporte hemoterápico (trocas plasmáticas) e, frequentemente, internação em unidades de tratamento intensivo. Quem recebe esse diagnóstico pode enfrentar dificuldades no tratamento e há, ainda, a possibilidade de recorrência da condição. A aprovação de Cablivi representa uma segunda chance para o paciente que passa pela PTTa”, afirma o diretor médico da Sanofi Genzyme, Bernardo Soares.

Sobre o medicamento

Cablivi atua direta e rapidamente na trombose microvascular, o principal fator relacionado à mortalidade e morbidade da PTTa, ao bloquear a interação do Fator de von Willebrand com as plaquetas.

Calibivi foi aprovado com base nos resultados do estudo clínico de Fase 3 controlado por placebo, multicêntrico, randomizado e duplo-cego, conhecido como HERCULES, que avaliou a eficácia de caplacizumabe em conjunto com plasmaférese (troca plasmática) e imunossupressão em 145 adultos durante um episódio de Púrpura Trombocitopénica Trombótica adquirida.

É o primeiro medicamento baseado em Nanoanticorpos da Sanofi a receber aprovação no Brasil.

Nanoanticorpos são uma nova classe de proteínas exclusivas, com propriedades terapêuticas produzidas a partir de fragmentos de anticorpos de domínio único que possuem propriedades estruturais e funcionais únicas semelhantes aos anticorpos de cadeia pesada de ocorrência natural.

 

 

 

 

 

Fonte: Guia da Farmácia 11.06.2021

Comments are closed.

Parceiros