Chemyunion PHI 0820
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Pharma InnovationMedicamentos RadarCom crescimento da ansiedade, fitoterápicos são alternativa para controle de quadros leves e moderados

Com crescimento da ansiedade, fitoterápicos são alternativa para controle de quadros leves e moderados

  • Written by:

Desenvolvidos a partir de princípios ativos naturais, esses medicamentos não causam dependência e ajudam a aliviar sintomas

Em um cenário desafiador como o vivido em 2020, é importante cuidar da saúde mental e encontrar alternativas que ajudem a controlar os quadros de ansiedade, mesmo aqueles considerados leves de moderados. Nesse sentido, os medicamentos fitoterápicos, que são desenvolvidos a partir de princípios ativos de origem natural, podem contribuir para reduzir os sintomas desse estado, que vem crescendo ano a ano e já se tornou um problema de saúde pública.

Segundo pesquisa feita pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, que ouviu 1.996 pessoas entre os meses de maio e julho deste ano, 80% da população brasileira está se sentindo mais ansiosa. A principal conclusão foi que, nesse período de pandemia, as pessoas desenvolveram ou aumentaram sintomas de estresse e ansiedade, e que 68% delas apresentam quadro de depressão. Em países como China e Itália, o índice de aumento é, em média, de 30%.

Segundo Olavo Rodrigues, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento e Assuntos Regulatórios da Natulab, a maioria dos medicamentos para ansiedade atuam reduzindo o nível de alerta do sistema nervoso central (SNC) através da mediação dos neurotransmissores envolvidos nesse processo como o ácido gama-amino butírico (GABA) e a maioria deles só podem ser usados sob prescrição médica. “Muitas pessoas têm receio dos efeitos colaterais ou dependência que esses medicamentos podem causar. Para os quadros leves e moderados, os fitoterápicos se mostram uma alternativa bastante viável, que pode ser indicada pelos profissionais de farmácia”, afirma, ressaltando a dificuldade que algumas pessoas enfrentam nesse momento para encontrar atendimento clínico.

Por não causarem dependência química, os medicamentos fitoterápicos, à base de Passiflora e Camomila por exemplo, podem ser empregados nos casos de ansiedade e irritação nervosa leve e moderada. “Eles são eficazes para alguns quadros de ansiedade e insônia. A Passiflora (Passiflora Incarnata) é um dos principais recursos fitoterápicos para amenizar os sintomas de ansiedade e irritabilidade, com um mecanismo de ação semelhante às drogas sintéticas mais potentes, como o diazepam e o clonazepam, mas sem os riscos de dependência dessas substâncias, que são controladas”, explica Rodrigues.

Rodrigues enfatiza a relevância dos fitoterápicos como alternativa a tratamentos com maiores efeitos colaterais. “Estamos vivendo uma realidade diferente e muitas pessoas têm receio de frequentar o ambiente hospitalar, com medo de contaminação pelo coronavírus. Neste cenário, o papel dos profissionais de farmácia e dos medicamentos isentos de prescrição para tratamento de condições como insônia e ansiedade se mostram ainda mais importantes”, conclui ele, citando outras substâncias que podem contribuir, como a Valeriana, o Kava-Kava e a Melissa.

Comments are closed.

Parceiros