Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Pharma InnovationEmpresas & Negócios Inteligência de MercadoGrupo Gador adquire laboratório para fortalecer presença no Brasil

Grupo Gador adquire laboratório para fortalecer presença no Brasil

  • Written by:

Multinacional de capital argentino e com operação comercial no Brasil desde outubro de 2017, o Grupo Gador concluiu o processo de aquisição do laboratório Gallia, situado em Belo Horizonte (MG). Com a transação, a indústria especializada em oncologia amplia seu foco no mercado de suplementos alimentares.

A companhia, que atua em outros 50 países, registrou faturamento de US$ 450 milhões no ano passado e é a segunda maior em vendas de medicamentos de prescrição na Argentina, com movimento de US$ 317 milhões. A fábrica em Minas Gerais passa a ser a sétima da empresa, que mantém outras cinco plantas na Argentina e uma no Uruguai.

Os dados da transação no Brasil não foram revelados, mas a Gador está investindo no lançamento de dez produtos neste ano e está aberta para novas aquisições de ativos no país. “Ao adquirir a Gallia, nosso objetivo era diversificar o investimento e, por isso, voltamos a atenção para um dos segmentos que mais cresce no varejo brasileiro – o de suplementos alimentares”, comenta Paulo Bettoni, CEO da Gador do Brasil.

Segundo o executivo, o setor apresenta um incremento estimado de 57% nos próximos cinco anos, uma média anual de 12%. “Somente no último mês de abril comercializamos o dobro da nossa média mensal e em maio estamos indo no mesmo caminho”, acrescenta.

Por ser um laboratório regional, a Gallia tinha presença restrita às farmácias independentes. Para ampliar a representatividade no ponto de venda, o grupo contratou em março o executivo Julio Nascimento, com passagem por farmacêuticas como GSK, Merck e Laboratórios Cannone, fabricante das pastilhas Valda.

Ele abriu as portas das grandes varejistas e hoje os produtos da Gallia já são comercializados em 80% das principais redes de farmácia em estados como Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo – incluindo a Raia Drogasil. “A meta é ter presença nacional até o fim de 2020 e triplicar nosso valor de mercado no país até o fim de 2021”, explica Bettoni.

Produtos inovadores

A Gador apresentará, nos próximos meses, uma linha inédita no país chamada de Bem Estar. São produtos destinados a combater os efeitos colaterais da quimioterapia e da radioterapia, que levam a uma má qualidade de vida dos pacientes oncológicos. Será uma ação pioneira, já que não há no Brasil nenhum laboratório que tenha uma linha com essa finalidade.

Nesta semana, a Gador promoverá o lançamento virtual do EES, loção norte-americana para tratamento de alopecia de sobrancelhas, considerado inovador no Brasil. Também serão disponibilizados, nos próximos 90 dias, produtos para alopecia do couro cabeludo, dermatite provocada pela radioterapia, boca seca e ressecamento vaginal e das extremidades.

Outra novidade prevista para o último trimestre deste ano é o Cold Mouth, dispositivo bucal para prevenção da mucosite, que trará um novo conceito na crioterapia. Em 2021, o laboratório prevê o lançamento de dois biossimilares na linha oncológica e outros produtos da linha Bem Estar.

Novos suplementos na Gallia

No último mês de abril, a Gallia lançou o suplemento Imuno C, D + Zinco, que se mostrou um sucesso instantâneo de vendas. “Comercializamos 200 mil unidades no mês de lançamento e temos previsão de vender pelo menos mais 1 milhão até o fim de 2020”, comemora Bettoni. Em junho, a empresa pretende lançar uma formulação para atuar na diminuição da libido, problema em evidência nos dias de hoje. Além disso, projeta colocar no mercado mais sete produtos, entre multivitamínicos e itens de prescrição para os segmentos de ortopedia, ginecologia, oftalmologia e clínica geral.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Panorama Farmacêutico 13.05.2020

Comments are closed.